4 dicas essenciais para alcançar sua independência financeira

4 minutos para ler

A independência financeira é o sonho da maioria das pessoas, já que ela significa a possibilidade de aquisição da casa própria, a troca de um carro, fazer um curso no exterior ou mesmo férias em família, por exemplo. No entanto, nem todos sabem como alcançar essa qualidade de vida.

A peça-chave para ter uma vida financeira estável e realizar sonhos é a organização. Sim, é preciso um planejamento financeiro que estabeleça metas, quais gastos devem ser cortados ou evitados e como e em que se deve investir.

Para quem deseja atingir tal independência, as dicas abaixo devem ser colocadas em prática desde já!

1. Sempre estipule suas metas

Se a independência financeira for a sua principal meta, para atingi-la você deve começar estipulando pequenos objetivos a serem alcançados a cada mês, semestre ou mesmo ano —como, por exemplo, estabelecendo qual valor é preciso poupar ou investir em cada período. Para ter um futuro mais tranquilo ou adquirir um bem desejado, seu comprometimento deve ser total.

Nenhum grande objetivo (como a independência financeira) poderá ser alcançado sem que a cada mês você faça um pequeno esforço. Por isso, a regra número 1 é saber exatamente o que você quer do futuro e jamais desistir do seu propósito. 

2. Crie um planejamento financeiro

Um planejamento financeiro adequado e possível de ser seguido precisa incluir as despesas fixas, os gastos eventuais e até mesmo os imprevistos. Se, todo mês, você conseguir organizar as contas e gastar ou investir o seu dinheiro conforme o estabelecido, não tenha dúvidas: sua independência financeira chegará.

Para que tudo seja previamente calculado, antes do encerramento de cada mês é preciso anotar a quantidade de dinheiro que será recebido; quanto será gasto e quanto deverá ser investido ou poupado. Seguindo essa regra, sua conta bancária jamais fechará no vermelho — e, a melhor parte, sobrarão recursos para investimentos ou para começar uma poupança. 

3. Invista na renda extra

Hoje, com a facilidade de comunicação graças à internet, é possível ter um negócio próprio gerenciado de casa. Além do mais, até mesmo estratégias de comunicação, marketing e encomendas podem ser feitas usando redes sociais. Ou seja, não faltam oportunidades para bons negócios!

Portanto, investir em conquistar uma renda extra significa avaliar o contexto e perceber como criar/aproveitar possibilidades. Com criatividade e dedicação, você poderá ter a chance até de começar um negócio próprio e, consequentemente, chegar à independência financeira mais rapidamente do que o planejado.

4. Corte gastos

Quem conseguiu atingir a independência financeira pode atestar que o caminho não é fácil. Muitas vezes é preciso se esforçar, renunciando a algo em prol de um objetivo maior. Nesse sentido, é importante fazer uma avaliação das contas mensais, estipular o que realmente é essencial e cortar aqueles gastos dispensáveis.

Por exemplo, pagar uma academia que você frequenta somente uma vez por mês é um gasto desnecessário. Se, por qualquer motivo, você não consegue se comprometer com uma periodicidade mínima de 2 vezes por semana, o ideal é não pagar por aquele serviço. Quando você tiver tempo ou disposição para se exercitar, vá a um parque ou a uma praça.

Claro que esse foi apenas um exemplo, mas no dia a dia sempre temos gastos que podem ser cortados. O importante é estabelecer metas para se sentir motivado e, quem sabe, até investir em uma renda extra para acelerar seu caminho rumo ao objetivo principal.

Se você gostou deste post sobre independência financeira, aproveite e compartilhe-o nas suas redes sociais!

Você também pode gostar

Deixe um comentário